Bem vindo  

TEMÁRIO - FARMO

Balanço da estratégia de desenvolvimento da biotecnologia farmacêutica no Brasil: 2009-2019 (18/08/2020)

A última edição do periódico BNDES Setorial traz artigo elaborado pela equipe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços de Saúde, da Área de Gestão Pública e Socioambiental do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), intitulado “Balanço da estratégia de desenvolvimento da biotecnologia farmacêutica no Brasil: 2009-2019”.

O trabalho busca analisar a evolução das políticas públicas de apoio à biotecnologia farmacêutica e seus resultados na incorporação e fornecimento desses produtos inovadores ao Sistema Único de Saúde (SUS), com foco nos eixos: compras públicas, financiamento e regulação.

Resumo
A biotecnologia farmacêutica abriu oportunidade para o tratamento de doenças raras e complexas, e tornou-se estratégica para as políticas de inovação em diversos países, incluindo o Brasil. A vocação científica brasileira para a biologia molecular e genômica suscitou uma série de políticas públicas para internalizar a capacidade produtiva específica, a fim de avançar no desenvolvimento de produtos inovadores. A incorporação gradativa desses medicamentos no Sistema Único de Saúde (SUS) reforçou a necessidade de difundir o uso de biossimilares e internalizar sua produção, de modo a garantir uma oferta estável a preços competitivos. O BNDES contribuiu para a formulação e condução dessas políticas, por meio do financiamento de plantas produtivas e de desenvolvimento de produtos, além da participação em colegiados e da publicação de uma série de artigos desde 2009. Este trabalho busca analisar sua evolução, com foco nos eixos: compras públicas, financiamento e regulação.

Link para acessar a íntegrado do artigo: http://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/19802


BNDES Setorial, v. 26, n. 51, mar. 2020 

 

Fonte: Biblioteca Digital do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)