ACONTECE NA ABIFINA

VIII SIPID promoveu debates sobre propriedade intelectual, inovação e desenvolvimento nacional (07/12/2017)

Mesa de abertura
Foto: André Telles

Aconteceu nesta quinta-feira, dia 7 de dezembro, a oitava edição do Seminário Internacional Patentes, Inovação e Desenvolvimento (SIPID), realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Química Fina, Biotecnologia e suas Especialidades (ABIFINA). Diante de uma plateia qualificada, representantes de diversas organizações, incluindo profissionais da indústria, servidores públicos e pesquisadores brasileiros, se reuniram durante um dia inteiro para debater temas da maior relevância relativos a propriedade intelectual, inovação e desenvolvimento nacional.

Ao longo do dia, foram realizados três painéis. Os debates foram ricos e, em alguns momentos, acalorados. O problema do backlog no INPI e a proposta de concessão simplificada de patentes foram um dos pontos centrais das discussões, e perpassaram as três mesas. O público presente também pôde se manifestar, fazendo indagações e provocações ao final de cada sessão.

Logo pela manhã, a sessão de abertura reuniu nomes de destaque do setor público e privado, que deram as boas vindas ao público. O primeiro a falar foi Carlos Fernando Gross, vice-presidente do Sistema Firjan, representando o presidente da federação, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira. Gross destacou a atuação engajada da Firjan em prol do desenvolvimento nacional e da criação de um ambiente favorável à inovação. O dirigente aproveitou a ocasião e trouxe ao debate o tema do backlog do INPI, propondo uma reflexão a respeito da proposta do exame simplificado de patentes que a autarquia federal pretende implantar. “O backlog é problema de longa que data que precisa resolvido, mas a solução deve ser debatida e pensada à exaustão. Já sofremos com insegurança jurídica, não precisamos de mais. A aprovação de patentes não pode ter efeito reverso para nossa indústria”, argumentou.

Na sequência, o vice-presidente da ABIFINA, Reinaldo Guimarães, lembrou os temas dos três painéis que se realizariam na sequência, destacando o equilíbrio da programação ao abordar questões de interesse da indústria, da ABIFINA e do País. Já o diretor do BNDES, Carlos da Costa, elencou os desafios brasileiros para o desenvolvimento industrial e política de propriedade intelectual, além de apresentar a nova meta do banco para o País. “Queremos tornar o Brasil desenvolvido até 2035. Isso vai exigir do banco coordenação e orquestração das várias visões para inovarmos mais, termos cadeias produtivas mais densas em termos de valor e conseguirmos liderar em áreas como biotecnologia, cidades inteligentes e economia criativa”, afirmou.

A coordenadora geral de Patentes I do INPI, Liane Lage, destacou o trabalho que a autarquia federal vem realizando em colaboração com os Ministérios do Planejamento e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços em busca de eliminar o backlog. Lage também antecipou o tema de sua exposição no primeiro painel do evento e desafiou os presentes a pensarem uma solução que leve em conta os desafios estruturais do instituto e que possa resolver o problema no curto prazo. O presidente executivo do Grupo FarmaBrasil, Reginaldo Arcuri, encerrou a mesa de abertura ressaltando a importância de se fortalecer o sistema nacional de PI para o Brasil poder resistir às pressões internacionais dos países desenvolvidos que vêm aumentando com novos acordos multilaterais. “Ativos intangíveis, direitos sobre criação cientifica e propriedade intelectual são hoje o que efetivamente interessam aos países centrais, é a garantia de que quem está na frente poderá dominar o mercado por mais tempo. Esse é o grande jogo do comercio internacional”, alertou.

Ainda na parte da manhã, foi realizado o painel “A reestruturação do INPI e a extinção do backlog”, com a coordenação do membro do Conselho Consultivo da ABIFINA, Marcos Oliveira, e exposição de Liane Lage, do INPI, e Pedro Marcos Barbosa, consultor jurídico da ABIFINA e sócio do DDB Advogados. Para debater os temas apresentados, o painel teve a participação ainda do vice-presidente da ABIFINA, Reinaldo Guimarães. Em seguida, encerrando a primeira parte da programação, foi entregue a segunda edição do prêmio Denis Barbosa de Propriedade Intelectual, que este ano homenageou o desembargador federal André Fontes.

Depois do almoço, o público teve a oportunidade de discutir a propriedade intelectual a partir da visão da academia, no painel “Propriedade Intelectual como instrumento de desenvolvimento”, conduzido pelo coordenador do Grupo de Indústria e Competitividade (GIC) do Instituto de Economia (IE) da UFRJ, David Kupfer. A sessão promoveu o debate entre os pesquisadores Maria Tereza Leopardi, Caetano Penna e Julia Paranhos, todos do IE-UFRJ, que apresentaram seus estudos relativos a políticas públicas e regulação de PI e PI nas parcerias entre universidades e empresas. O painel “Inovação tecnológica como instrumento para reindustrialização e desenvolvimento do Brasil” encerrou a programação do SIPID, sob coordenação do presidente do Conselho Empresarial do Sistema Firjan, Fernando Sandroni. Falaram nesta mesa o chefe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços da Saúde (DECISS) do BNDES, João Paulo Pieroni, o presidente executivo do Grupo FarmaBrasil, Reginaldo Arcuri, e o presidente do Conselho Administrativo da Nortec Química.

O VIII SIPID contou com o patrocínio Master do Banco Nacional de Desenvoplvimento Econômico e Social (BNDES), com o patrocínio do Grupo FarmaBrasil e das empresas associadas Blanver, Cristália, Eurofarma e Nortec Química, além do apoio da Federação das Industrais do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) e do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos).

Os detalhes da PROGRAMAÇÃO COMPLETA você pode conferir nos links abaixo:

VIII SIPID: 1º painel sobre INPI e extinção do backlog expõe visões antagônicas sobre a solução para o problema

A reestruturação do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) e a polêmica proposta para extinção do backlog de pedidos de patente foram os temas do primeiro painel do VIII Seminário Internacional Patentes, Inovação e Desenvolvimento (SIPID), que aconteceu nesta quinta-feira, dia 7 de dezembro, no Rio de Janeiro

VIII SIPID: 2º Prêmio Denis Barbosa de PI homenageia André Fontes

O desembargador federal André Fontes recebeu nesta quinta-feira, dia 7 de dezembro, a 2ª edição do Prêmio Denis Barbosa de Propriedade Intelectual, concedido a personalidades que tenham o interesse público como norte de sua atuação profissional no campo da PI. A entrega aconteceu durante o VIII Seminário Internacional Patentes, Inovação e Desenvolvimento (SIPID), pelas mãos do vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Química Fina, Biotecnologia e suas Especialidades (ABIFINA), Reinaldo Guimarães.

VIII SIPID: Pesquisadores debatem propriedade intelectual como via para o desenvolvimento por meio da inovação

O segundo painel do VIII Seminário Internacional Patentes, Inovação e Desenvolvimento (SIPID), realizado nesta quinta-feira, dia 7 de dezembro, reuniu pesquisadores do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE/UFRJ).

VIII SIPID: painel discute reindustrialização e desenvolvimento baseados em inovação tecnológica

No último painel da 8ª edição do Seminário Internacional Patentes, Inovação e Desenvolvimento (SIPID), organizado pela Associação Brasileira da Indústria de Química Fina, Biotecnologia e suas Especialidades (ABIFINA), representantes do mercado farmacêutico e farmoquímico dialogaram com o chefe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços de Saúde (DECISS) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), João Paulo Pieroni, sobre as expectativas para a o desempenho da indústria diante do cenário econômico e da conjuntura do setor.

 

APRESENTAÇÕES DISPONIBILIZADAS:

1º PAINEL - Liane Lage, coordenadora geral de Patentes I do INPI

Apresentação:  A reestruturação do INPI e a extinção do backlog.

2º PAINEL - Maria Tereza Leopardi, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Desenvolvimento do IE-UFRJ

Apresentação: A propriedade intelectual como feixe de direitos.

2º PAINEL - Caetano Penna, professor de Economia Industrial e da Tecnologia do IE-UFRJ

Apresentação: Desenvolvimento tecnológico, propriedade intelectual e estratégias corporativas em resposta a pressões regulatórias.

2º PAINEL - Julia Paranhos, coordenadora do Grupo de Economia da Inovação do IE-UFRJ

Apresentação: Propriedade intelectual como instrumento de desenvolvimento de inovações nas parcerias universidade-empresa: obstáculos, avanços e desafios.

3º PAINEL - João Paulo Pieroni, chefe do Departamento do Complexo Industrial e de Serviços de Saúde do BNDES

Apresentação: Inovação Tecnológica e Política Públicas para Saúde: o Papel do BNDES.

3º PAINEL - Reginaldo Arcuri, presidente executivo do Grupo FarmaBrasil

Apresentação: Economia e Tecnologia para o desenvolvimento industrial Brasileiro.