login: senha:   
[ área restrita aos associados ]    Bem vindo  

ACONTECE NA ABIFINA

ABIFINA celebra 30 anos e lança livro sobre sua história (20/06/2016)

Imagem da matéria
Presidentes da ABIFINA ao longo dos seus 30 anos
foto: André Telles

"O evento comemorativo dos 30 anos da ABIFINA, trouxe momentos de alegria, emoção, descontração e confraternização entre associados, amigos e parceiros da entidade.

Veja aqui um resumo em vídeo desse grande dia na história da entidade que preparamos para você"

 

Baixe aqui o pdf do livro “ABIFINA 30 anos: uma história pelo desenvolvimento nacional”

 

Em junho de 2016, a ABIFINA completou 30 anos. São três décadas lutando em prol do desenvolvimento da indústria nacional da química fina, construindo parcerias entre os setores privado e público, defendendo a fabricação local e a inovação tecnológica, e atuando com ética. Para celebrar mais esta conquista, a entidade reuniu, na noite do dia 17 de junho, em uma festa no Museu de Arte Moderna (MAM), seu corpo societário e equipe, empresários do setor, autoridades públicas e outros parceiros que ajudaram a Associação a trilhar essa história. A festividade marcou também o lançamento do livro “ABIFINA 30 anos: uma história pelo desenvolvimento nacional”, publicação coordenada pelo 1º vice-presidente Nelson Brasil e pelo integrante do Conselho Consultivo Marcos Oliveira.

Durante a celebração, foram lembrados momentos importantes da ABIFINA, como sua luta no campo da propriedade intelectual. Abrindo a cerimônia, o atual presidente da entidade, Ogari Pacheco, ressaltou a relevante atuação da entidade em defesa dos interesses do País. “A ABIFINA é uma entidade de classe única, que visa, principalmente, ao bem maior do Brasil: o desenvolvimento da indústria química fina nacional, sem olhar para grupos ou para empresas. A presença da entidade se faz sentir de uma maneira mais intensa no campo da propriedade intelectual, a ponto de as demais entidades reconhecerem na ABIFINA a sua representação maior e melhor”, afirmou o dirigente.

A fundação da entidade em 1986 também não poderia deixar de ser lembrada. Dela participaram José Correia da Silva, primeiro presidente da entidade, e Dante Alário Junior, atual vice-presidente Farmacêutico da entidade. Em sua fala, Correia recordou o período difícil por que passava o país na década de 1980 e a importante atuação de empresários e funcionários e órgãos públicos na construção e atuação da Associação. “Em 1986, o Brasil não tinha dinheiro e foi chamado a produzir. Os primeiros movimentos de produção foram das empresas nacionais. Éramos um grupo de pequenas e médias empresas lutando para conseguir tecnologia para operar equipamentos que não conhecíamos, conseguir importar insumos impossíveis de localizar – naquela época não havia produção de intermediários e produtos químicos como existe hoje. Enfrentamos batalhas muito duras e com o apoio de funcionários públicos de órgãos, ministérios, BNDES, Cacex, conseguimos fazer alguma diferença”, contou o ex-presidente.

Já Dante Alario destacou a importância que é para uma entidade brasileira celebrar 30 anos. “Sinto-me honrado de participar de uma entidade que ajudou a construir parte daquilo que é setor químico e farmacêutico no Brasil, e agora entrando numa nova área, que é da biotecnologia. Diferente de outras entidades, a ABIFINA não nasceu de uma necessidade única de um determinado momento. O motivo é muito maior, estamos falando na construção de um país e a ABIFINA tem entre seus propósitos essa construção maior”, defendeu o vice-presidente.

Outro destaque da noite foi o lançamento do livro “ABIFINA 30 anos: uma história pelo desenvolvimento nacional”, que foi distribuído aos presentes na festividade. A publicação resgata todo o caminho por qual percorreu a entidade nessas três décadas de existência, desde sua fundação na difícil década de 1980, passando pela participação na Rodada Uruguai do GATT, que resultou na criação da OMC, pela liberalização econômica e consequente desindustrialização nacional nos anos 1990, até a criação das Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) e o Programa para o Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde (PROCIS) nos anos 2000. O atual 1º vice-presidente da entidade e um dos coordenadores do projeto, Nelson Brasil, lembrou que o livro não teria sido possível sem a participação daqueles que também atuaram ao lado da Associação nessas três décadas. “O roteiro do livro recebeu 60 contribuições na forma de depoimentos de autoridades públicas e personalidades que de alguma forma conviveram com a ABIFINA na construção dessa história e assim puderam apresentar suas visões próprias sobre o relevante trabalho desta entidade. Destaco anda a importância do levantamento de dados históricos em nossos arquivos, trabalho conduzido pela equipe que compõe quadro da ABIFINA”, ressaltou o dirigente.

Veja aqui a íntegra do discurso de Nelson Brasil


A cerimônia homenageou ainda três associadas da ABIFINA, empresas que trouxeram importantes contribuições para as conquistas da entidade. Por terem participado da constituição da Associação e por estarem entre os associados mais antigos, foram homenageadas a Blanver Farmoquímica, representada por seu presidente Sergio Frangioni, e a Eurofarma, representada pelo seu diretor Walker Lahmenn. Já o laboratório Aché, representado por seu presidente Paulo Nigro, foi homenageado por sua atuação no desenvolvimento industrial valorizando a biodiversidade brasileira.