login: senha:   
[ área restrita aos associados ]    Bem vindo  

ESTATÍSTICAS

Complexo Industrial da Química Fina

A análise estatística realizada pela entidade sobre o complexo industrial da química fina compreende os produtos com maior valor agregado dessa área, sejam os intermediários de síntese ou de uso (princípios ativos), sejam os formulados, conhecidos como especialidades da química fina.

Por conta da elevada dispersão na classificação de tais produtos, entre os capítulos 15 e 39 da Nomenclatura Comum do MERCOSUL (NCM), bem como da nomenclatura do IBGE, torna-se difícil uma apresentação quantificada do seu significado econômico, que expresse consistente rigor técnico em sua elaboração. Portanto, os dados apresentados a seguir se limitam àqueles produtos classificados como especialidades da química fina, com exceção dos aditivos e aromas e fragrâncias (não acompanhados), e a apenas um segmento de produtos classificados como intermediários de uso (princípios ativos) – o farmoquímico. Os dados de importação e exportação são levantados junto às fontes oficiais do governo federal – Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior ou junto a entidades do setor químico; já os dados de faturamento são construídos através de informações recebidas de entidades que atuam especificamente em determinados segmentos da química fina.